Projeto ASC. A todo o Vapor!!!

Foi no ano letivo de 2017/18, na cadeira de Cidadania da nossa Universidade Sénior de Santa Maria de Braga, que começou a ser gizado um humilde contributo para um bem mais alargado plano de apoio ao acesso a habitação de qualidade (mas a custos controlados) por parte da nossa comunidade (jovem e menos jovem), projeto que viria a ser batizado de ASC – Aldeamentos Sustentáveis e Cooperativos.

Terei de destacar, porque bem merecido, o excelente trabalho de análise e investigação desenvolvido na altura pelos nossos queridos alunos sénior Sr.ª D.ª Cecília Torres da Cruz Almeida e Sr. Mário Ofelindo Oliveira que, ainda hoje, acompanham e participam nas aulas online da nossa Universidade Sénior (que teve entretanto de se adaptar aos difíceis tempos vividos durante esta pandemia) sempre com uma energia e uma dinâmica simplesmente notáveis.

Uma palavra de reconhecimento também para a simpática reação dos grupos parlamentares com assento na nossa Assembleia da República, a quem demos conhecimento do nosso projeto inicial, tendo na altura recebido importantes palavras de incentivo da Senhora Arq.ª Helena Roseta (à data coordenadora do Grupo de Trabalho que na A.R. estava ainda a preparar a Lei de Bases da Habitação) que muito influência tiveram na nossa decisão em passar o nosso projeto “da teoria à prática”.

Os contributos iniciais da Cooperativa Minga, através do Jorge Gonçalves, assim como o acompanhamento contínuo da Cooperativa Terra Chã, através do nosso companheiro e amigo Júlio Ricardo, foram decisivos no ânimo oferecido e que nos permitiu chegar ao dia de hoje clamando que a primeira etapa da nosso projeto foi concluído com assinalável sucesso.

Quais são, então, os dados presentes que justificam este nosso entendimento?

Em primeiro lugar o facto de, cerca de três horas e vinte e seis minutos após início, a Assembleia Municipal de Braga ter votado favoravelmente a ELH (Estratégia Local de Habitação) de Braga onde a nossa cooperativa se encontra incluída com a construção de 38 novas habitações, no horizonte temporal de 2022-24, orçando um investimento superior a 3.100.000,00€ e impactando diretamente cerca de uma centena de munícipes.

Em segundo lugar o facto de constatarmos, e cada vez mais por cada dia que passa, que o nosso projeto efetivamente “Faz Sentido”! Os Aldeamentos Sustentáveis e Cooperativos serão bons para as famílias de cooperadores que irão usufruir diretamente dos mesmos mas serão também bons para a comunidade em geral, para o nosso planeta, para a sua biodiversidade e, consequentemente, para o ambiente saudável que queremos proteger e ajudar a desenvolver.

As nossas habitações serão construídas em madeira maciça, capturando e armazenando assinaláveis quantidades de CO2, projetadas com um foco extremo na eficiência energética passiva das mesmas, na rentabilização da energia solar que o nosso querido país nos oferece em quantidades tão generosas, implantadas em terrenos localizados, preferencialmente, em meio rural se bem que ainda integrados num perímetro urbano mais alargado, fomentando o convívio entre os residentes que se organização assim em comunidades de cidadãos focadas na cooperação coletiva para permitir atingir cada um dos seus próprios objetivos de apoio e proteção familiares.

Verificamos com grande alegria que este nosso objetivo é comum a muitos, muitos mais cidadãos e também a muitos altos responsáveis portugueses e europeus, destacando o papel da Presidente da Comissão, senhora Ursula von der Leyen, que tem vindo a promover a necessária mudança de mentalidades e do paradigma atual da construção civil de habitações uni e multifamiliares através do Projeto New European Bauhaus.

A pandemia que nos atingiu desde início de 2020 tem lançado nuvens negras e imensas dificuldades “para cima” de milhões de seres humanos mas tem também funcionado como uma forte “Wake-up Call” que nos tem motivado a refletir profundamente sobre o nosso estilo de vida e no que efetivamente desejamos, no futuro, para os nossos filhos e netos.

Bem vind@s a um novo futuro. Bem vind@s ao nosso Projeto ASC!

Inscreva-se já para os próximos programas habitacionais!

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

WhatsApp chat
%d bloggers like this: